Publicado por Sara de Paula em Liturgia, Escola Dominical | 19/02/2020 às 14:31:26

Liturgia para o Dia Mundial de Oração 2020

imagemdmo2020-198-800x568.jpg

Imagem feita por: Nonhlanhla Mathe

DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO
Clique aqui para baixar em PDF

Tema 2020: “Levante-se! Pegue sua cama e ande.”
(Preparado pelas mulheres do DMO do Zimbábue)

Um pouco da história

O DIA MUNDIAL DA ORAÇÃO(DMO) é um movimento que reúne mulheres cristãs, de todo o mundo e de muitas tradições, para observar um dia comum de oração por ano. Em muitos países esse contato tem continuidade em reuniões de oração e trabalho. É um movimento iniciado por mulheres em 1887 e realizado em mais de 170 países e regiões. É um movimentado simbolizado por uma celebração anual – primeira sexta-feira de março – à qual todos e todas são bem-vindos e bem-vindas. É um movimento que aproxima mulheres de várias raças, culturas e tradições, estreitando o seu relacionamento, compreensão e trabalho.

Através do Dia Mundial de Oração, mulheres de todo o mundo afirmam sua fé em Jesus Cristo e compartilham suas esperança e temores, suas alegrias e tristezas, suas oportunidades e necessidades. Através do Dia Mundial de Oração, mulheres são encorajadas a: - se conscientizarem do que acontece no mundo e a não viverem isoladas; - se enriquecerem com experiências de fé vividas por cristãos e cristãs de outros países; - levarem as cargas de outras pessoas, orando com e por elas; - reconhecerem seus dons e talentos e usá-los em benefício da comunidade.

Através do Dia Mundial de Oração, as mulheres reconhecem que a oração e a ação são inseparáveis e que ambas têm incontestável influência no mundo.

Neste ano, somos convidados e convidadas a conhecer o Zimbábue e estarmos em oração por esse país, de forma especial pelo grande número de mulheres que cuidam sozinhas da família.

Para saber mais, acesse: https://dmoracao.comunidades.net/projetos-dmo-2020

Programa de Culto

“Levante-se! Pegue sua cama e ande.

Boas vindas

[Antes da celebração, sirva a cada pessoa que chegar um copo de água de um pote de barro. Dar um copo de água a um(a) visitante é um gesto de boas-vindas na maioria das culturas do Zimbábue. Na maioria das áreas rurais, a água é armazenada em potes de barro para mantê-la fresca.]

Saudação

Dirigente: Sejam todos bem vindos e bem vindas! Que Jesus, a água da vida, nos renove e nos restaure para a jornada da vida.

Convite à adoração: Leitura Bíblica: Salmo 57

Cânticos:

Quão formoso és (https://www.letras.mus.br/ministerio-koinonya-de-louvor/503334/)  ou

Louvor ao Trino Deus (Hino 104 do Hinário Evangélico) (https://www.hinarioevangelico.com/2009/05/104-louvor-ao-trino-deus.html)

Oração comunitária:

Dirigente: Deus da paz e da liberdade, nós te damos boas vindas em nosso meio.

Todos(as): Nós te louvamos por teu amor que supera todo entendimento.

Dirigente: Nós te louvamos por quem Tu és agora e para sempre.

Todos(as): Tu és o Deus Poderoso.

Mulheres: Deus Criador, nós te louvamos pelos recursos naturais que somos chamados(as) a cuidar.

Todos(as): Tu és um Deus gracioso.

Homens: Jesus, nós te louvamos pelo dom do respeito, pela dignidade da vida humana, pelo amor entre as pessoas.

Todos(as): Tu és o Pão da Vida.

Dirigente: Espírito Santo, nós te louvamos por nos capacitar a nos reunir em adoração ao redor do mundo.

Todos(as): Tu és o Espírito da verdade para nos unificar em orações e ações.

Chamado a confissão:

Dirigente ou convidado(a): Oração de confissão

“Deus misericordioso, nós nos apresentamos como nação, reconhecendo que precisamos de uma mudança. Nós pecamos contra ti e contra nossas irmãs e irmãos através de nossas palavras e ações negligentes. Nós usamos tantas desculpas para evitar mudanças. Tem misericórdia de nós e sustenta nossa busca de cura e perdão. Nós confessamos nossos erros e pedimos coragem para mudar. Com Teu perdão, em Tua graça, ouve a nossa oração.”

Dirigente:  Vamos ter um momento para uma oração pessoal silenciosa de confissão.

Palavra de esperança:

“Louvem ao Deus Eterno! Louvem ao Eterno porque ele é bom, e porque o seu amor dura para sempre. Felizes são aqueles que obedecem às suas ordens, aqueles que sempre fazem o que é certo”. (Salmo 106.1-3).

Testemunhos: [convidar, antecipadamente, algumas mulheres para compartilhar experiências de situações em que alguém lhes estendeu a mão e as ajudou a se levantar e seguir a jornada da vida]

Louvor

Cânticos com a comunidade

-Deus cuida de mim (https://www.letras.com/aline-barros/deus-cuida-de-mim/)

-Amparo divino (Hino 81 do Hinário Evangélico) ( https://www.hinarioevangelico.com/2009/04/081-amparo-divino.html)

Ofertório

Dirigente: O Dia Mundial de Oração nos convida a nos unirmos em oração, mas também nos chama a agir em favor daqueles e daquelas que necessitam de ajuda. Convidamos a todos e todas para participarem com alegria deste momento.[1]

Edificação

Texto Bíblico: João 5.1-9

Jesus foi a Jerusalém durante a festa dos judeus. O cenário da história é bem descrito em João 5. Havia um tanque perto da Porta das Ovelhas, onde pessoas com diversas doenças iam em busca de cura. As pessoas no tanque acreditavam que a cura estava na água; consequentemente o homem da história esperava a sua cura da água. Como ele era incapaz de entrar na água agitada sozinho, não podia ver como seria curado. Então, esperou em sua cama pela próxima oportunidade.

O que esse encontro diz sobre o homem?

O homem da história parecia uma pessoa solitária; ele não tinha ninguém para ajudá-lo a ser curado. Ele estava desanimado e impotente. Talvez seja isso que tenha levado Jesus a fazer-lhe uma pergunta que mudou a sua vida: “Você quer ser curado?”

O que esse encontro diz sobre Jesus?

Jesus agiu com compaixão, amor, compreensão e carinho. Jesus, em sua humanidade, podia identificar-se com o sofrimento humano. Jesus em sua humildade podia ouvir o homem sem julgar suas desculpas. Jesus deu ao homem uma chance.

O que esse encontro nos fala sobre Deus?

Jesus usou três verbos de ação para permitir que o homem, que estava doente há 38 anos, experimentasse o amor de Deus: “Levante-se! Pegue a sua cama e ande”. O diálogo entre Jesus e esse homem pode nos levar além da cura física. Os verbos de ação sugerem que não devemos ter medo de agir conforme a palavra de Deus. Deus está nos oferecendo os passos para a transformação pessoal e social.

Como vemos a história através dos olhos de Jesus?

O milagre e a transformação na história da Bíblia são simbolizados pela cama. A cama era o lugar onde o homem jogava as suas desculpas, embora estivesse procurando por cura. (A palavra “cama” aparece em outras versões bíblicas como “esteira” ou “tapete”; o homem não estava carregando uma “cama”, como nós a concebemos, mas sim uma esteira, que era sua “cama”, conforme o uso naquela época.) Após o encontro com Jesus, a cama tornou-se um lembrete de sua cura.

Jesus nos capacita a sermos curados(as), fazendo algo pela transformação que Deus está oferecendo - levantar-se, pegar nossa cama e andar. Jesus nos capacita a escolher entre sermos curados(as) parcialmente ou curados(as) física, mental, espiritual e socialmente. Quando somos totalmente curados(as), somos reconciliados(as) com Deus, conosco mesmos e com nossa comunidade. Quando estamos reconciliados(as), podemos verdadeiramente amar, e quando amamos verdadeiramente, somos capazes de caminhar em direção à paz. Então, “Levante-se. Pegue a sua cama e ande”.

Dirigente: Se possível, reflita sobre as seguintes perguntas com a pessoa ao seu lado:

1. Como você ou sua comunidade podem responder à pergunta de Jesus – “Você quer ser curado?” 

2. Quais são os obstáculos ou desculpas que não estão permitindo a transformação?

3. O que significa no seu contexto - “Levante-se! Pegue a sua cama e ande”?

Envio

Dirigente: Então Jesus diz: “Levante-se! Pegue a sua cama e ande!”

[Todos e todas se levantam e dão alguns passos no mesmo lugar]

Compromisso comunitário:

“Deus é amor. Vamos nos levantar com nossos corações cheios de amor! Jesus é o Príncipe da Paz. Vamos levantar as nossas intenções pela paz entre nós!  Deus fez todas as coisas novas. Em Cristo, somos reconciliados(as) com Deus. Vamos caminhar em direção à reconciliação! Vamos caminhar em direção a uma nova vida - uma vida de reconciliação.”  Amém!

Dirigente:  "Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus" (Mateus 5. 9).  Vão em paz para servir ao mundo em nome de Deus, de Jesus e do Espírito Santo.  “Levante-se! Pegue a sua cama e ande!”

Oração de agradecimento e intercessão

Dirigente: Senhor, intercedemos pelas comunidades e mulheres ao redor do mundo que vivem com medo da violência em suas famílias e na nação. Dá-nos sabedoria e graça para sermos pacificadores(as).  Nós te agradecemos por nos ensinar a orar, amar e perdoar. Que possamos continuar a ensinar as novas gerações a confiar em Ti. Nos unimos orando juntos e juntas a oração que Teu filho Jesus nos ensinou: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Teu nome; venha o Teu reino; faça-se a Tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal, pois Teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém!

Benção Apostólica

 

Esta liturgia é uma adaptação da proposta de liturgia do DMO/2020.
Rosiléia Dias Araujo - Departamento Nacional de Escola Dominical.


[1] Veja no site oficial do DMO as instituições que serão beneficiadas pelas doações: https://dmoracao.comunidades.net/projetos-dmo-2020
 

Confira outros materiais para download no site oficial do DMO 2020


Tags: sem tags no momento!