Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 18/07/2012

Oração pelo Encontro Nacional de Pastoras e Pastores 4ª Semana

Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó;
homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal.”
Jó 1.1

4ª Semana - Orar pelos Seminários, Oficinas e pessoas responsáveis pelo evento

O livro de Jó nos fala de um homem muito especial. Jó é apresentado no início da história como um servo de Deus admirável, abençoado com muitas riquezas e uma família maravilhosa.
Mas, apesar de sua fé e de sua dignidade, de uma hora para outra, Deus o despojou de suas riquezas, de sua família e de sua saúde. Ele não sabe por que estava acontecendo aquilo, mas nós sabemos que Deus estava procurando provar a Satanás que a fé de Jó era genuína.
Três amigos vieram consolá-lo na sua desgraça e queriam convencê-lo de que seu sofrimento era consequência de algum pecado. Deus declarou a inocência de Jó e mandou que ele orasse por seus amigos.

Jó tinha três coisas fundamentais em sua vida:

1.    Uma vida comprometida com a integridade moral: Deus se agrada de uma vida comprometida com a integridade moral. O texto diz que Jó era “íntegro e reto”. De acordo com o dicionário ÍNTEGRO E RETO significa “inteiro”, “completo”, “direito”, “justo”, “inatacável”, “correto”. Essa era a referência à sua retidão moral e à nobreza de seu caráter. Ele era completamente honesto; sua vida resistia a qualquer investigação. Não gostava de cambalachos, de trapaças, de maracutaias. Vivemos num mundo onde a falta de caráter tem sido a marca registrada de muitas pessoas. Compromissos com princípios morais são coisas que muita gente não tem interesse em assumir.

2.    Uma vida que se desviava do mal: Deus se agrada de uma vida que se desvia do mal. Ao ressaltar a integridade de Jó o texto diz que ele “se desviava do mal”. Ele se esforçava para manter-se íntegro. Sabia que não estava imunizado contra o erro e que precisava estar atento, o tempo todo, para não se comprometer. No Salmo 40.12 Davi diz que “males sem número lhe cercaram”. Daí a necessidade que temos de nos desviarmos do mal. Do contrário, seremos alcançados por ele e teremos nosso caráter comprometido e corrompido.

3.    Uma vida comprometida com Deus: Deus se agrada de uma vida comprometida com ELE. O texto diz que Jó era TEMENTE A DEUS – Tributar grande reverencia ou respeito (submissão). Isso significa que Jó era um SERVO de DEUS, consciente do seu papel, com uma vida devota e submissa. Seu prazer era amar ao Senhor e obedecer a sua Palavra. Eclesiastes 12.13 afirma: “temer a Deus e guardar os seus mandamentos é todo o dever do homem”. Deuteronômio 10.12 afirma: “E agora, ó Israel, que é que o Senhor teu Deus pede de ti, senão que temas o Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma?”

Jó é alguém que declara a sua fé dizendo: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus."

Bispo Roberto Alves de Souza
Bispo Presidente da 4ª Região Eclesiástica da Igreja Metodista.

• clique aqui para dowload da versão impressa (PDF) 


Posts relacionados

Escola Dominical, Educação, Geral, por Comunicação

Encontro Nacional de Educação Cristã e Escola Dominical

  SAVE THE DATE! Não fique de fora deste evento que será de enorme crescimento intelectual, pessoal e espiritual.

Geral, por Sara de Paula

Nota do Colégio Episcopal sobre a saúde do Bispo Emérito Paulo Ayres Mattos

"Peço ao povo metodista e a comunidade cristã ecumênica na qual o Bispo Ayres tem sido referência de unidade e acolhimento, que se coloque em oração a favor dele e de sua família, rogando pr sua vida e pelo refrigério de sua esposa Maria Rita, seus filhos e demais familiares."

Geral, Departamento Nacional de Trabalho com Crianças, por Sara de Paula

Semeando a unidade: baixe a imagem do tema para 2020

Semeando a unidade - esse é o tema escolhido pelo Departamento Nacional de Trabalho com Crianças (DNTC) para o ano de 2020. A escolha do tema se relaciona com a mensagem da Igreja Metodista brasileira, que inspirada pela sua 4ª Ênfase Missionária, traz como tema de 2020 "Discípulas e Discípulos nos caminhos da missão vivem em unidade".

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães