Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 27/09/2010

Segundo site, Metodistas criaram voto ético

O site de notícias "Creio" publicou uma matéria sobre o voto ético dos metodistas. Confira o texto a seguir.

 

METODISTAS CRIAM VOTO ÉTICO

Colégio Episcopal cria cartilha e alerta para quadro político

Por: Robson Morais - Redação Creio

De olho nas eleições de 2010, bispos e líderes do Colégio Episcopal da Igreja Metodista enviaram, na última segunda-feira, dia 9, a seus membros de todo o Brasil uma carta pastoral sobre como escolher candidatos na eleição do dia 03 de outubro. A cartilha do voto ético aborda a cidadania e sugere mecanismos para o que chama de política cidadã. “A Igreja Metodista reconhece que é sua tarefa docente capacitar os membros de suas congregações para o exercício de uma cidadania plena” defende a entidade.Muitos acontecimentos chamam a atenção e devem ser considerados nas escolhas dos candidatos.” O texto foi escrito em julho deste ano e leva a assinatura do presidente do Colégio, bispo João Carlos Lopes.

Dividido em tópicos e itens de relevância, o pronunciamento não cita, em nenhuma de suas sete páginas, candidatos nem defende as propostas de cada um. Aconselha, porém, para que seus membros percebam o cenário em que se encontra a política nacional e os casos de corrupção, vindo á tona com denúncias e projetos como o Ficha Limpa. O não votar em branco, mas sim escolher com sabedoria também é tema do documento, que especifica a proibição de propaganda política de qualquer forma durante os cultos.

Acesse a matéria na íntegra aqui.

Data: 11/8/2010

 

Notícia Postada por Diana Gilli

 


Posts relacionados

Geral, por Redação Metodista

Em oração | 29.07.2022

Com o objetivo de mobilizar pessoas a orarem semanalmente e diariamente pelos propósitos selecionados pela área nacional da Igreja Metodista, te convidamos a participar da campanha EM ORAÇÃO. O versículo que conduz a campanha lembra a importância da oração para fazer qualquer coisa: ...porque sem mim nada podeis fazer. (João 15:5b).

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães