Publicado por José Geraldo Magalhães em Geral - 20/09/2013

Concilio noticias do dia 10, segunda Concílio Geral

 "Estamos aqui Senhor... viemos de todo lugar, trazendo um pouco do que somos, pra nossa fé partilhar. Trazendo o nosso louvor, um canto de alegria..."

Foi ao som deste cântico e no espírito desta letra que o Colégio Episcopal adentrou o Centro de Convenções Antonio Oliveira Santos, dando início, ontem, dia 10 de julho, às 15 horas, a um dos momentos mais importantes da vida da Igreja Metodista: o Concílio Geral. 
Metodistas de todas as regiões do Brasil puderam compartilhar um momento de louvor alegre e festivo, sob a direção do Ministério de Música da Igreja Metodista Memorial, de Vitória (ES), pastoreada pelo Rev.Marcelo Nunes.
As belas vozes do grupo também conduziram o cântico "É manhã pescador, já se lança no mar"..., momento em que representantes de cada região eclesiástica, caracterizados como pescadores e pescadoras trouxeram uma rede de pesca para ornamentar o púlpito e homenagear o centenário da Igreja Metodista no Espírito Santo. "Cem anos em que a rede de amor, paz e esperança foi lançada neste estado", disse o bispo Josué Adam Lazier, da 4ª RE, em sua palavra de saudação.

 Que habilidade temos colocado a serviço do Senhor?

 O Bispo João Alves de Oliveira Filho, presidente do Colégio Episcopal, falou sobre a parábola dos talentos e conclamou a Igreja a exercer uma espiritualidade que expresse a dimensão vertical (a submissão ao Senhor) e horizontal (a solidariedade ao próximo) da vida cristã.


Carta Pastoral aos Membros do Concílio Geral da Igreja Metodista

"Estamos aqui, Senhor, cercando essa mesa comum... Trazendo idéias diferentes, mas em Cristo somos um".

Ao final do Culto de abertura do Concílio, o Bispo João Alves leu uma carta pastoral elaborada pelo Colégio Episcopal e dirigida a todos(as) participantes do Concílio.


Diz a Carta: "Necessitamos, ao iniciarmos as sessões plenárias, manter uma atitude de quebrantamento e arrependimento...".  Os bispos e bispa chamam o povo metodista ao arrependimento e à confissão de pecados pessoais e comunitários:
• "Nossa desunião, nossa impiedade para com as pessoas que pensam diferentemente de nós;
• Nossa indisciplina pessoal e comunitária;
• Nossa visão consumista e materializada da vida e, conseqüentemente, rendida à sedução do mercado;
• Nossa dureza de coração, frente às demonstrações da graça de Deus na vida da Igreja e do mundo; nossos desníveis e desencontros visíveis e invisíveis, no que tange as relações pessoais".
• Nossas mágoas, rancores, ódios, rixas, ofensas retidas nos porões de nosso inconsciente, que precisam de libertação imediata pelo perdão e reconciliação. Como igrejas locais, pastores, pastoras, famílias em geral, somos comunidade de pecadores. Todos nós temos dívidas e pecados em relação a Deus e ao próximo. Muitas vezes, nossos relacionamentos encontram-se gastos, corroídos, poluídos pelo orgulho, inveja, ciúmes, rancor, mania de grandeza. Por isso, clamamos: "a nós pertence o corar de vergonha".
• Nossos condicionamentos querendo "aprisionar o Espírito e Sua Palavra" numa sessão conciliar, bem como nos nossos conceitos e preconceitos. Esta abertura ao Espírito requer de nós humildade, esvaziamento, quebra do orgulho, da superioridade, de vanglória e de qualquer sentimento que fira ao "sentimento que houve em Cristo" - Fp.2.5.
• Nos movimentos que promovam atitudes de desrespeito, da indisciplina, dos julgamentos precipitados comprometendo a dignidade de pessoas e governabilidade da Igreja".

"O nosso desejo maior é de procurarmos viver e participar da Missão, em especial neste Concílio, um espírito de comunhão, tolerância, paciência, amor e perdão".

Para ler a íntegra da Carta Pastoral aos Membros do Concílio Geral da Igreja Metodista clique aqui.


Votação eletrônica: teste demite o técnico Parreira

 Após o Culto, o professor Davi Betts, diretor de tecnologia da Universidade Metodista, ensinou aos delegados(as) o sistema de funcionamento da votação eletrônica, q. O sistema é bastante simples: verde é sim, vermelho é não e o botão transparente é abstenção. Não houve dúvidas. Mas, para comprovar a eficiência do sistema e o aprendizado dos participantes, o professor Betts lançou, como teste, uma questão de grande interesse nacional: "Parreira deve continuar como técnico da seleção brasileira?" O resultado não surpreendeu: 120 votantes disseram não, 7 votaram pela manutenção do técnico e 4 se abstiveram.

Início dos trabalhos

Após a instalação do 18° Concílio pelo Bispo Presidente João Alves, foi feita a verificação do rol e aprovação do regimento interno do Concílio. Em seguida, o Bispo João Alves fez a nomeação de Comissões e do secretário ad hoc.

Comissão de Escrutinadores: Jonas Fortes Gautério, Ronald da Silva Lima, José Erasmo Alves de Melo, Francisco Porto Almeida Jr. , Débora Andrade Silva, Ely Ramos, Roberval Lopes da Trindade, Armênio Silveira da Fontoura, Rosane Rangel, Maria Delícia Fontoura Dias, Valesca Paradela, Athayde José Augusto de Barros Faro.
Cronometrista: Jesus de Souza Tavernard Jr.
Comissão de Diplomacia: Neusa Felippe Silva Souto, Gordon Greathouse, Marcos Araújo de Oliveira, Maria Tereza Greathouse, Oséias Barbosa da Silva.
Comissão de Assessoria da Presidência para a Ordem do Dia: Livingstone dos Santos Silva, André Bohn de Oliveira, Amélia Tavares Correia Neves, Martinho Luthero Garcia de Souza Jr., Nicanor Lopes, Jane Menezes Blackburn.
Editor de Atas e Documentos: Luiz Eduardo Prates da Silva.

Secretário Ad Hoc: Paulo Roberto Garcia

Clique aqui para ver fotos do dia.


Hoje é o dia da apresentação do Plano Nacional

Ontem foram apresentados os relatórios do Colégio Episcopal e Cogeam. Hoje será apresentado o relatório da Tesouraria, homologação das decisões da Cogeam e os atos complementares do Colégio Episcopal. Hoje é, também, o dia da apresentação do Plano Nacional Missionário.
 Os representantes das delegações formarão hoje comissões para dar o parecer sobre as propostas recorrentes e afins.

Para ler as notícias do dia 9 de julho evento, clique aqui.

 


Posts relacionados

Geral, por José Geraldo Magalhães

-

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães

Geral, por José Geraldo Magalhães