Publicado por José Geraldo Magalhães em Expositor Cristão - 10/07/2014

Desafios para os filhos e filhas de pastores

Fábio Paprotzki 
Pastor Acadêmico na Igreja Metodista em São Miguel Paulista/SP
 
A igreja deveria ser uma comunidade de ajuda mútua, que leva os indivíduos a viverem de forma saudável e em unidade, contudo, isso nem sempre acontece pelos mais variados motivos e a comunidade de fé torna-se um lugar que separa. O ambiente religioso pode tanto proporcionar relações sadias de aceitação quanto pode propiciar exclusão.
 
Um dos grupos que mais sofre com o julgamento da comunidade é a família pastoral. O bispo Nelson Luiz Campos Leite afirma no livro Pastoreando pastores: vocação, família e ministério, que “há uma urgente necessidade de dar mais atenção e cuidado ao pastor, pastora e seus familiares.” A família pastoral é composta por pessoas com limites e imperfeições como qualquer outra e está sujeita aos mais diversos conflitos.
 
Infelizmente, os relacionamentos conturbados entre família pastoral e comunidade de fé são comuns. A existência desses conflitos é um desafio tanto para o/a pastor/a quanto para a igreja. Questionamentos sobre como devem ou não se portar o/a filho/a do/a pastor/a estão presentes em meio às comunidades de fé. Perguntas surgem também em relação à igreja por parte da família pastoral. Ambos os lados questionam-se e acabam por entrar em conflitos. 
 
“– Filho de pastor? Deus me livre, só causa problemas.” Essa e outras expressões são mais comuns do que se imagina nas igrejas, por vários motivos, tais como: a falta de diálogo entre a igreja e a família pastoral, intolerância, falta de diálogo entre o/a pastor/a e seus/as filhos/as, assim como a falta de diálogo entre o/a pastor/a e a igreja, entre outros. 
 
Como agir em meio aos conflitos entre a igreja e os membros da família pastoral – especificamente os/as filhos/as de pastores/as? Essa pergunta realmente é intrigante, pois não existe uma fórmula mágica para isto se resolver. Se existisse certamente alguém já a teria utilizado. Entretanto, existem alguns pontos que podem ser revistos:
Ambos os lados devem estar abertos ao diálogo e às mudanças de atitudes. A Igreja tem a oportunidade, ou até mesmo a “obrigação”, de orar, ouvir, apoiar, unir-se, influenciar, ser ambiente de carinho, confiança, transformação, entre outros, especialmente com a família pastoral. 
 
O/a pastor/a deve estar atento/a ao seu papel como pai/mãe, pastor/a para com a vida de seu/a filho/a, sempre desenvolvendo um diálogo franco e construtivo. Ele ou ela não pode esquecer que também é sacerdote em sua casa. 
 
O/a filho/a do/a pastor/a deve estar aberto a receber ajuda de seus familiares e igreja nos momentos de questionamentos. Desempenhar seu papel como parte da igreja, não somente por ser filho/a do/a pastor/a, mas pelo fato de ser coparticipante da obra de Deus e membro de uma comunidade de fé. 
 
Assim, que a graça de Deus possa se manifestar por meio da relação entre a igreja e o/a filho/a do/a pastor/a. Que possamos desenvolver um ambiente de ajuda mútua e união. “Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.” Mateus 5.9. 

Tags: expositor-cristao, jornal, igreja-metodista,


Posts relacionados

Expositor Cristão, por Sara de Paula

EC de outubro: última sessão do 21CG

Terminou o 21º CG. Sim, a terceira fase do 21º Concílio Geral foi encerrada em clima de harmonia, paz e direção do Espírito Santo, em sua última sessão on-line, que aconteceu nos dias 8 e 9 de outubro. Foram esclarecidas e debatidas várias propostas, as quais haviam sido encaminhadas anteriormente às delegações regionais.

Expositor Cristão, por Marcelo Ramiro

Expositor Cristão aborda importância da Água

Nós, metodistas, ressaltamos a importância do meio ambiente. Por isso, em seu Plano Nacional Missionário (PNM) - 2012-2016 - na ênfase 5 extraímos: implementar ações que envolvam a Igreja no cuidado e preservação do meio ambiente. 

Colégio Episcopal, Expositor Cristão, Destaques Nacionais, Vídeos, Oficial, Mídia, Geral, por Marcelo Ramiro

Jornal Expositor Cristão completa 129 anos de história

A Igreja Metodista está em festa! O Expositor Cristão completou 129 anos de história. É o jornal evangélico mais antigo ainda em circulação no Brasil!

Expositor Cristão, por José Geraldo Magalhães

Reflexão especial sobre o Dia dos Pais!

Mais do que ser provedor do “pão de cada dia” e das demais necessidades básicas na manutenção da casa, o pai tem a obrigação de ser amigo. Leia a reflexão completa!

Expositor Cristão, Jovens, Mídia, por José Geraldo Magalhães

Juventude metodista entra em campo na Copa do Mundo

Metodistas se mobilizam durante competições da Copa do Mundo. Confira os detalhes!