Publicado por Marcelo Ramiro em Expositor Cristão - 10/02/2015

Instituições Metodistas têm 110 mil estudantes na América Latina

Na América Latina a primeira escola metodista a ser fundada por missionários norte-americanos, foi o Instituto Mexicano Madero, em 9 de fevereiro de 1874, na Cidade do México (e posteriormente transferida para Puebla, onde funciona até os nossos dias). Dessa escola originou-se a Universidade Metodista Madero (UMAD).
 
A exemplo do que ocorreu em todos os continentes do mundo, nos países da América Latina em que o metodismo implantou suas missões, foram e continuam sendo também fundadas escolas. São hoje reconhecidas pela Alaime (Associação Latino-americana de Instituições Metodistas de Educação) mais de 120 escolas, faculdades, universidades e instituições teológicas em 18 países, desde o México, América Central, Caribe e América do Sul. 
 
Esse sistema educacional conta com cinco universidades: no Brasil a Unimep (a primeira universidade metodista na América Latina) e a Umesp; na Argentina a Universidade do Centro Educativo Latino-americano (UCEL); na Costa Rica, Universidade Metodista (Unimet); no México, a Universidade Metodista Madero. Também já aprovada pelas autoridades educativas do país e em fase de implantação, a Universidade Metodista da Bolívia (Unimeb). As Igrejas Metodistas do Peru e do Panamá atualmente desenvolvem planos que visam à criação de universidades metodistas nesses países.
 
Dados do ano passado indicam que as instituições metodistas de educação contavam com cerca de 110 mil estudantes, em todos os níveis educativos. Desse total, 51% no nível correspondente à educação básica e 49% na educação superior. As instituições metodistas de educação no Brasil respondiam por 56% do total de estudantes em escolas metodistas no continente. 
 
A Alaime, fundada em 1997, é a associação que nucleia as instituições metodistas de educação em nosso continente. Essa associação promove todos os anos encontros e congressos pedagógicos que discutem temas de interesse educacional e confessional metodista. 
 
Em 2004, o Conselho Diretor da Alaime aprovou a criação do “Dia da Educação Metodista na América Latina”, tendo definido como data celebrativa o dia 9 de fevereiro, que corresponde à data de fundação da primeira escola metodista no continente. 
 
A educação metodista é um ato de amor, que procura alcançar e desenvolver o ser humano em sua integralidade, corpo, mente e espírito. A visão educativa metodista na América Latina e em todo o mundo procura responder aos desafios do Evangelho, de transformação de vidas. Esta educação confessional metodista deve conduzir o ser humano à uma leitura crítica da realidade e o compromisso por transformá-la à luz do projeto de Jesus Cristo e do Reino de Deus. Neste sentido, militam as nossas escolas, faculdades e universidades ao largo e ao longo de todo nosso continente. 
 
Pr. Luis de Souza Cardoso
Presidente da Alaime
Secretário Executivo do Cogeime

                 

 

Tags: Educação Metodista, Expositor Cristão, Igreja Metodista, ALAIME


Posts relacionados

Expositor Cristão, por Comunicação

Edição de Setembro do Expositor Cristão

  Confira a edição de setembro do Jornal Expositor Cristão!

Expositor Cristão, por Marcelo Ramiro

Juname 2015 reúne cerca de mil adolescentes metodistas de todo o Brasil

Cantando e dançando a coreografia da música “Somos Um”, cerca de mil adolescentes metodistas promoveram uma cena profética e espetacular. Foi um dos momentos mais marcantes da Juname 2015. Com camisetas da mesma cor, o grupo formou um mar vermelho e mostrou que é possível cumprir a missão com dinamismo e criatividade. 

Expositor Cristão, por José Geraldo Magalhães

Reflexão especial sobre o Dia dos Pais!

Mais do que ser provedor do “pão de cada dia” e das demais necessidades básicas na manutenção da casa, o pai tem a obrigação de ser amigo. Leia a reflexão completa!

no Cenáculo, Expositor Cristão, Mídia, por José Geraldo Magalhães

O lugar onde o mundo se reúne para orar

Filha de pastor e vocacionada aos dez anos de idade para a obra missionária, a editora mundial do The Upper Room, Sarah Wilke, visitou o Brasil para participar das homenagens dos 75 anos da publicação em língua portuguesa — o no Cenáculo. Alegre com as comemorações, ela conversou com o Expositor Cristão e falou sobre os planos do devocionário para o futuro. fonte: José Geraldo Magalhães /