Publicado por José Geraldo Magalhães em Destaques Nacionais - 14/08/2015

Ouça o Projeto Piloto Web Rádio Metodista e dê sugestões!

 
No último dia da Feira Literária Internacional Cristã (FLIC), a Confederação Metodista de Mulheres Metodistas em parceria com a Revista Voz Missionária convidou a bispa Marisa de Freitas Ferreira para falar sobre o tema da “Mulher cristã e a formação intelectual”. Várias lideranças da Igreja participaram das palestras e estiveram conhecendo o Estande da Angular Editora. O evento iniciou na quarta-feira (12) no Espaço São Luis, em São Paulo, e termina hoje à noite.
 
Com uma exibição do Curta Metragem “Vida Maria”, a bispa provocou as pessoas presentes com as seguintes perguntas: “Qual o papel que temos numa vivência familiar? Por que todos não podem aprender a ler também? Por que a gente permite que os meninos tenham uma liberdade pelo ponto de vista filosófico e as meninas são estimuladas a outros afazeres domésticos?”. 
 
A bispa Marisa expôs ao longo da palestra a pedagogia freiriana para dizer sobre a importância de se fazer uma leitura da realidade em nosso tempo. “Temos o saber que gera poder. Quando temos o saber, conseguimos expressar melhor os sentimentos. O método de Paulo Freire é essencial porque o educador chegava no interior do Brasil, não somente para ensinar a ler, mas para mostrar a realidade das pessoas por meio do ensino da leitura”, disse destacando que a palavra é o veículo para traduzir o “sentimento da alma”.A bispa também lembrou a própria experiência de quando saiu de casa aos 18 anos para fazer teologia e como a leitura, o ensino e aprendizado a fizeram ver o mundo de uma forma diferente.
 
“Com o tempo eu fui percebendo que o projeto de Deus, é outro para a humanidade. Portanto, deve ser interesse da sociedade o crescimento de todos, da mulher e do homem em grau de igualdade”, disse a bispa que também tem formação em medicina e teologia.
 

 
Os projetos das mulheres que são vetados nas igrejas locais também foram destacados. De acordo com a palestrante é preciso ter consciência que as igrejas são regidas por leis internas e externas; o que garante o direito de cada membro para argumentar seus direitos e deveres. “Muitas vezes as mulheres se recuam quando seus projetos são banidos porque falta-lhes o conhecimento das leis e da Palavra”, enfatizou. Ainda segundo a bispa não há interesses em dividir o poder. Portanto, a literatura tende em ajudar a adquirir argumentação em várias instâncias da sociedade.
 
Mulheres Metodistas com Voz Missionária – Com 86 anos de vida, a revista Voz Missionária é um dos selos da Angular Editora. A revista é uma das parceiras da Confederação Metodista de Mulheres. De acordo com a presidente da Confederação, Ivana Garcia Aguiar, ao longo dos anos a Voz Missionária tem deixado uma marca expressiva na vida das pessoas e da sociedade.
 
“Por meio da revista nós podemos ir melhorando nosso conhecimento da Palavra de Deus. Nos alegramos como confederação metodista de mulheres em ter essa Revista que tem contribuído com o cristianismo no país e, principalmente, com nossas igrejas”, destacou. 
 
A Feira Flic – A feira está em sua IV edição. É a primeira vez que a Igreja Metodista é representada pela Angular Editora e seus cinco selos em uma feira literária. Um dos selos, o jornal Expositor Cristão, recebeu o prêmio Areté de melhor jornal evangélico do Brasil na noite de ontem (13); um marco para o povo metodista. 
 
"Participar como a Editora Angular é o início de uma caminhada que vai se fortalecendo. Com o prêmio Areté, é um momento importante para a literatura metodista, brasileira e para o jornalismo na vida da Igreja", disse a Secretária para a Vida e Missão da Igreja Metodista.
 
VEJA TAMBÉM:
 

Tags: Flic, Expositor Cristão, Voz Missionária, No Cenáculo, Editeo, Escola Dominical, Prêmio Areté


Posts relacionados

Destaques Nacionais, por Sara de Paula

Outubro Rosa: Confederação Metodista de Mulheres promove campanha partilhando relatos

Nesse mês de outubro, a Confederação Metodista de Mulheres apoia a divulgação da campanha Outubro Rosa. Com o tema "Cuide-se. Toque-se. Previna-se.", a campanha traz a voz de mulheres metodistas que partilham informações sobre a campanha e suas experiências.

Destaques Nacionais, por Sara de Paula

CGCJ - Consulta de lei – nº 31/2019

COMISSÃO GERAL DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA Consulta de lei – nº 31/2019 Consulente – TANIA REGINA DA SILVA Relator – Renato de Oliveira Data do julgamento (processo eletrônico) – 20.09.20

Destaques Nacionais, Missionária, por José Geraldo Magalhães

Participe do 1º Projeto Missionário Nacional Uma Semana Pra Jesus

Seja um voluntário no 1º Projeto Missionário Nacional Uma Semana Pra Jesus na cidade de Porto Seguro/BA. O projeto será entre no mês de setembro. Faça sua inscrição parcelada e reserve sua vaga nesse marco histórico da Igreja Metodista.