Publicado por Sara de Paula em Destaques Nacionais, Mulheres, Pastoral dos Direitos Humanos - 01/06/2016

Quinta-feira de preto: uma campanha de enfrentamento à violência contra a mulher



A campanha "Quinta-feira uso Preto", consiste em mobilizar pessoas a se vestirem com roupas pretas em protesto contra a violência sofrida por mulheres ao redor do mundo. A iniciativa tem origem na campanha mundial "Thurdays In Black", iniciada na África do Sul, que tomou proporções internacionais com o apoio do Concílio Mundial de Igrejas (CMI).  

 

No Brasil, a Confederação Metodista de Mulheres (CMM) abraçou a causa desde fevereiro, quando confeccionou 5 mil botons da campanha para distribuir entre as Federações. Conheça a página da CMM

 

Mulheres da Região Missionária do Norte e Nordeste (REMNE) também saíram às ruas para protestar pelo fim da violência contra a mulher (à esquerda), depois de aderirem o projeto que também conscientiza igrejas e comunidades. 

 

"Pode parecer simples, mas a intenção é chamar a atenção das pessoas para que se unam a nós nessa luta contra toda forma de preconceito e  violência, especialmente contra a mulher", disse Suely Freire, SD da Federação de Mulheres no Dne8.

 

Confira a notícia completa aqui. 

 

Para aderir a campanha, basta se vestir de preto na quinta-feira. Tire também uma foto da sua manifestação e poste nas redes sociais. Use as hashtags da campanha em português e em inglês: #QuintaFeiraUsoPreto #ThursdaysInBlack 

 

O Jornal Expositor Cristão, também apoiou as manifestações, publicando a imagem do grupo da Sede Nacional que aderiu a campanha, incluindo os ministros Júnior e Soraya Junker, do minitério de louvor Toque de Poder, e Bispos e Bispa da Igreja Metodista. 

 

 

 

O Jornal também se engajou em divulgar as manifestações de órgões da Igreja Metodista, contra a Cultura de Estupro. 

 

 

 

Confira abaixo também algumas fotos das manifestações que acontecem ao redor do mundo. 

 

 

Uma equipe cristã na Escócia de reuniu para fotografar seu apoio à campanha na quinta, dia 19 de maio:

 

 

Organização cristã da Finlândia também apoia o fim da violência contra a mulher no Congo, usando a campanha:

 

 

Mulher exibe o boton da campanha em inglês para promover a ideia:

 

 

Veja mais manifestações internacinais acompanhando a hashtag #thursdaysinblack no Instagram.

 

Compartilhe a campanha internacional na sua Igreja, comunidade e redes sociais, engajando cada vez mais pessoas para lutarem juntas por um mundo sem violência e estupro. 


Tags: quinta-feira, quinta-feira de preto, campanha


Posts relacionados

Destaques Nacionais, por Sara de Paula

Sessão online do 21º Concílio Geral

Assista a sessão online do 21º Concílio Geral da Igreja Metodista. O conclave será transmitido ao vivo no dia 11 de dezembro de 2021, a partir das 9h (horário de Brasília), somente no canal Metodista Brasil, no Youtube.

Destaques Nacionais, por Sara de Paula

TJ-RS aceita pedido de Recuperação Judicial da Educação Metodista

Decisão judicial permitirá a implementação de um plano de reestruturação do tradicional grupo de ensino.  “Com a aprovação do pedido de recuperação judicial, ganhamos fôlego para reestruturar a Educação Metodista a fim de restabelecer nosso equilíbrio financeiro e retomar o crescimento”, afirma Mauricio Fontoura, diretor financeiro da instituição.

Expositor Cristão, Mulheres, Pastoral dos Direitos Humanos, Geral, por Sara de Paula

Carta Aberta da Sociedade de Mulheres contra a Cultura do Estupro

O texto faz referência ao estupro coletivo que aconteceu no Rio de Janeiro, contra uma adolescente de 16 anos

Destaques Nacionais, por José Geraldo Magalhães

Lutero como tradutor

Estamos nos aproximando das comemorações do dia da Reforma. Tradicionalmente esta celebração tem sido relacionada com o dia em que Martin Lutero afixou no portão da Igreja de Wittemberg as suas 95 Teses, mas não se pode perder de vista que a Reforma é muito mais que isso.