Publicado por José Geraldo Magalhães em Destaques Nacionais, Discipulado - 13/09/2014

Sete oficinas de capacitação são oferecidas durante o Encontro Nacional de Discipulado e Missão!

 
Os 667 participantes do Encontro Nacional de Discipulado e Missão da Igreja Metodista foram distribuídos em seis oficinas no evento. O pastor Danilo Figueira, de Ribeirão Preto (SP) que palestrou sobre "Novas Formas de Evangelismo" afirma que, todo convertido pode ser usado para o reino, basta que ele esteja comprometido.
 
"Às vezes preparamos demais as pessoas para evangelizar e perdemos a paixão que ela tinha por Cristo nos primeiros meses de conversão", destacou Figueira. Já a curitibana Laíze Porto Alegre defende uma base sólida para que a pessoa possa crescer com segurança, mas entende que a Igreja precisa de novas estratégias para alcançar vidas. "Essa oficina muda minha visão de como devemos trabalhar com as pessoas", declarou.
 
A gaúcha de Caxias do Sul Roberta Machado fez a oficina "Discipulado como estilo de vida", ministrada pelo bispo Adonias Pereira do Lago. Líder de um pequeno grupo, a jovem declarou que participar deste workshop a trouxe de volta ao foco. "Além de acrescentar muito à minha vida enquanto discipuladora, aprendi muito. Discipulado é o que vai manter a nossa Igreja viva. Realmente um estilo de vida que adotei".
 
Durante todo o encontro serão oferecidas sete oficinas na sexta-feira e sábado. Os participantes inscritos puderam se inscrever até quatro delas conforme abaixo.
 
Discipulado como estilo de vida.
Como desenvolver líderes para grupos de discipulado.
Como cuidar do fruto.
Repensando o discipulado depois de dez anos.
Parcerias e levantamento de recursos.
Crescimento e plantação de igrejas.
Novas formas de evangelismo.
 
Outra oficina bastante procurada foi a de “Crescimento e Plantação de Igrejas” ministrada pelo pastor César Sitta, em Laranjeiras do Sul/PR. Uma Igreja em constante crescimento. A pastora Fátima da Cruz Valente, Primeira Região Eclesiástica, testemunhou a alegria de participar da oficina ministrada pelo pastor da Igreja Metodista de Mandaguari/PR, Emanuel Siqueira (Mano). 
 
"Vivemos realidades muito semelhantes, como tráfico de drogas, roubo, e estar no meio dessas pessoas, num primeiro momento é assustador, mas é necessário e vital. Se a Igreja não for em atrás de jovens e pessoas comprometidas com o reino, ela irá morrer. Precisamos buscar em Deus nosso sustento, nossa segurança, e amar essas pessoas. É somente através do amor que conquistaremos essas vidas para o Senhor".
 
Para quem já está com a metodologia do discipulado implantado na Igreja, o encontro ofereceu uma oficina específica: "Repensando o discipulado depois de dez anos" ministrada pela pastora da Quarta Região Eclesiástica, Rosangela Donato. De acordo com Eunice Simão, do Rio de Janeiro/RJ, a maior dificuldade é como permanecer na visão em grandes centros e a resposta está no início de tudo. 
 
"Se nossos bispos estiverem totalmente nesta visão e todos os nossos pastores forem conquistados e acompanhados, liderados, ministrados e discipulados, eles saberão  que o caminhar, cair, levantar continuar, e prosperar fazem parte do processo. Se a nossa base for forte, todos nós seremos fortes", destacou Eunice.
 
O pastor acadêmico, Jhonatan Cândido, pastor acadêmico e o pastor Willian de Melo de São Paulo participaram da oficina "Parcerias e levantamento de recursos".  "Bispo João Carlos Lopes fez uma oficina de motivação aos participantes", declarou Willian. Já Jhonatan afirmou que foi um aprendizado para o futuro daqueles que querem seguir a carreira ministerial.
 
O Encontro Nacional de Discipulado e Missão da Igreja Metodista começou na noite de quinta-feira, dia 11, e segue até sábado à noite em Curitiba/PR. Há representação de todas as Regiões Eclesiásticas e Missionárias no evento.
 
 
Christianne Machiavelli
 
Veja também:
 
 

Tags: discipulado


Posts relacionados

Destaques Nacionais, por José Geraldo Magalhães

Coordenação Geral de Ação Missionária inicia reunião extraordinária para ouvir a Câmara de Finanças

A Coordenação Geral de Ação Missionária (Cogeam), iniciou uma reunião extraordinária no início da noite dessa sexta-feira (26), nas dependências da Sede Nacional da Igreja Metodista, em São Paulo. O motivo do encontro já havia sido agendado na reunião anterior  no final de maio. O órgão que decide no interregno do Conscílio Geral quer  ouvir a Câmara de Finanças do Conselho Superior de Administração (Consad). O objetivo é entender e estudar as realidades enfrentadas pelas instituições metodistas frente ao cenário econômico no Brasil.

Destaques Nacionais, por José Geraldo Magalhães

Colégio Episcopal da Igreja Metodista se reúne em São Paulo! Veja os detalhes!

Bispa e bispos da Igreja Metodista se reúnem em São Paulo. Assuntos relacionados a vida e missão e projetos missionários estão sendo contemplados na pauta. Dentre eles, a recém-criada Angular Editora, que dará suporte para as publicações produzidas pela Igreja.